Monstruosidade: Idoso estupra e tortura ex-companheira em Minas

Um idoso de 66 anos foi preso por estuprar e torturar a ex-companheira, de 38, em Santo Antônio do Retiro, no Norte de Minas, nessa segunda-feira (14). A vítima, conforme informação passada pelos médicos, teve objetos pontiagudos introduzidos nas partes íntimas. Familiares contaram que essa não é a primeira vez que a mulher sofre violências cometidas pelo homem.

Médicos do hospital Santo Antônio de Taiobeiras chamaram a PM após atender a mulher, que apresentava marcas de agressão com ferimentos na cabeça e em outras partes do corpo, além dos sinais de estupro. A irmã da vítima contou que a familiar havia sido estuprada pelo ex-companheiro, que introduziu objeto pontiagudo nas partes íntimas dela.

A familiar relatou que, além da violência sexual, a mulher foi torturada com agressões em várias partes do corpo. Segundo a irmã, não foi a primeira vez que as violências foram praticadas contra a mulher.

‘Triste e chorosa’

O filho da vitima disse aos policiais que encontrou a mãe “triste e chorosa”, assim que chegou em casa. O rapaz esclareceu que não estava no imóvel no momento do crime, mas que presenciou o pai dando um soco nela e a levou até o médico. A mulher foi transferida de hospital e, na unidade de saúde de Taiobeiras, município vizinho, teve o estupro constatado.

Para tratar os ferimentos, a mulher precisou ser transferida para o atendimento especializado em Montes Claros, também no Norte de Minas.

Prisão

O autor do crime foi localizado após a PM fazer buscas nos locais de trabalho e nos imóveis em que ele possui na cidade. O idoso acabou sendo localizado na casa de familiares e preso na presença dos filhos. Conforme registrado na ocorrência, ele permaneceu em silêncio depois de ser indagado. Em seguida, foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Rio Pardo de Minas, onde a ocorrência foi encerrada.