Prefeito Marco Antônio toma posse e firma compromissos de moralidade e serviços públicos de qualidade com os itabiranos

Num segundo, ato, já no gabinete, novo gestor foi recebido pelo agora ex-prefeito Ronaldo Magalhães

Marco Antônio Lage (PSB), 56 anos, foi empossado, nesta sexta-feira, 1º de janeiro de 2021, prefeito de Itabira. Ao lado do vice Marco Antônio Gomes (PL), ele assume para o quadriênio 2021-2024. Jornalista, empreendedor e executivo de larga experiência na vida privada, o peessebista inaugura sua trajetória na vida pública com a missão de preparar o município para a já anunciada exaustão das minas operadas pela Vale. Por isso, ainda durante o discurso de posse, apresentou 12 compromissos que orientarão a gestão nestes próximos quatro anos. 

Marco Antônio afirmou que há dois caminhos para se alcançar o sucesso à frente da Prefeitura de Itabira: força de trabalho e honestidade. “Com muita tranquilidade, reafirmamos: temos os dois. De sobra. Por herança, educação, formação e treinamento prático, graças a Deus”, discursou o prefeito antes de pontuar os compromissos firmados no que chamou de “Carta à Itabira”: 

  • – Comunicação clara: não esconder nada de quem quer que seja; 
  • – Competência técnica: ocupação de cargos com pessoas com experiência no ofício de competência da função;
  • – Tolerância zero à corrupção: adoção de meios de deter toda e qualquer consumação de atos ilícitos;
  • – Emprego: Prioridade para o desenvolvimento: desenvolver ideias e projetos para proporcionar a geração de empregos em Itabira; 
  • – Combate à pobreza: voltar o olhar para os desafios das famílias que lutam contra a fome e a miséria;
  • – Esporte e Lazer: Trabalho para todos: a Secretaria Municipal de Esportes estará atenta às necessidades de nossos jovens principalmente,  e  também inclui, no seu bojo, a terceira idade; 
  • – Educação e Cultura: Molas Mestras: educação infantil e fundamental como prioridade absoluta do governo, tendo a Cultura como complementar a tudo isso;
  • – Saneamento básico em dia: resolver definitivamente o problema da água e do esgoto em Itabira; 
  • – Agricultura e Abastecimento: fornecer apoio incondicional ao homem do campo, seja ele pequeno, médio ou grande; 
  • – Desenvolvimento econômico e turismo: discutir junto à Vale na busca de entendimentos para esta questão e, paralelamente, se atentar às programações estabelecidas pela comunidade; 
  • – Itabira Cidade-Polo: Itabira como líder regional; 
  • – Igualdade de gênero e igualdade racial: fazer de Itabira o maior polo de trabalho cooperativista feminino do Brasil e respeitar as origens e a cultura do município. 

Após elencar os compromissos, o prefeito falou sobre a pandemia da Covid-19. Disse que o setor da Saúde terá um olhar especial nos próximos quatro anos e que o combate ao vírus requer, “mais do que nunca, canalizar a nossa atenção para este problema que aflige todos os itabiranos e mesmo os municípios da região para que superemos este momento difícil”. “A Covid-19 terá dois grandes inimigos, que se chamam Marco Antônio Lage e Marco Antônio Gomes”, declarou o prefeito. 

Também em seu discurso, o vice Marco Antônio Gomes, que é médico, também falou sobre saúde. Afirmou que o governo que se inicia terá como foco melhorar o atendimento preventivo para evitar que os pacientes necessitem de tratamentos mais complexos. “Apresentaremos uma nova visão”, garantiu o vice-prefeito empossado. 

Quebra de protocolo

Logo no início de seu discurso, o prefeito Marco Antônio Lage pediu licença ao cerimonial da Câmara de Vereadores para quebrar o protocolo. Ele convidou ao palco a sua esposa Raquell Guimarães, que exaltou a importância de mais mulheres na política e contou sobre as impressões deixadas pela primeira campanha eleitoral do marido. “Combatemos o bom combate e agora tenho certeza que a história de Itabira será marcada entre antes e depois de Marco Antônio Lage e Marco Antônio Gomes”, disse Raquell. 

Transmissão do cargo

O último ato deste primeiro dia de 2021 foi na Prefeitura, onde Marco Antônio Lage foi recebido pelo agora ex-prefeito Ronaldo Lage Magalhães (PTB). O petebista entregou ao sucessor os relatórios financeiros de sua gestão e, de maneira simbólica, as chaves do gabinete. Ronaldo também colocou na lapela de Marco Antônio um brim com o brasão do município. 

Em rápido discurso, Ronaldo Magalhães afirmou que deixa a Prefeitura com uma situação financeira muito melhor que a encontrada por ele há quatro anos. Ele citou o confisco do Estado e a Covid-19 como os grandes desafios encontrados e desejou sucesso à gestão que se inicia. 

Já Marco Antônio elogiou a postura de Ronaldo e de sua equipe durante os trabalhos de transição. O prefeito empossado disse que o momento do embate político chegou ao fim com o resultado das eleições e que agora o trabalho será de dar uma melhor condição de vida a todos os itabiranos. “Alto que, tenho certeza, é o desejo de todos nós que estamos aqui”, finalizou o prefeito.