Gari é espancado em aglomerado de Belo Horizonte após mulher afirmar que foi assediada

Jovem relatou ao marido ter sido vítima do trabalhador da limpeza urbana

Segundo a Polícia Militar (PM), o trabalhador atuava na limpeza do bairro e pediu água a uma jovem no aglomerado. A mulher disse ao marido ter sido assediada pelo gari, que teria passado as mãos nos seios dela.

O companheiro da jovem, que já foi preso por tráfico de drogas, encontrou-se com outros dois homens, também com antecedentes criminais, e levou o gari a uma parte alta da Vila Bernadete, onde ele foi espancado.

Segundo o gari, o trio aguardava a autorização de um traficante para que fosse assassinado. Entretanto, a Polícia Militar foi acionada e encontrou a vítima em um beco e com ferimentos na cabeça.

Os suspeitos foram presos e levados para a 11ª Companhia do 41º Batalhão, no bairro Teixeira Dias, também no Barreiro. O gari será medicado, e a polícia vai apurar se houve o assédio contra a jovem.

Com informações de Oswaldo Diniz

Fonte: Itatiaia