Mãe e filha são presas com mala cheia de maconha em BH

Mulher contou que realizaria o serviço em troca de R$ 500, pois não tinha dinheiro para pagar o aluguel

Uma mulher de 46 anos e sua filha, de 24, foram presas na tarde desta quinta-feira (21) enquanto carregavam uma mala com 15 tabletes de maconha no bairro Tupi, região Norte de Belo Horizonte.

Segundo a Polícia Militar, após a denúncia de um policial à paisana, que percebeu a atitude suspeita, as mulheres foram abordadas por uma viatura na rua Antônio Bandeira. Elas estavam prestes a embarcar em um táxi.

Ao ser qustionada sobre os entorpecentes, a mãe informou que estava indo entregar a bolsa a uma pessoa no bairro Paulo VI, na região Nordeste, mas não sabia o que tinha dentro.

A suspeita contou que realizaria o serviço em troca de R$ 500. Quem ofereceu foi uma mulher, a princípio, desconhecida, em um posto de saúde.

A indivídua presa ainda disse que não podia, em hipótese alguma, abrir a mala para saber o que tinha dentro. Ela confessou que estava fazendo o serviço pois não tinha dinheiro para pagar o aluguel.

As suspeitas foram encaminhadas à Central de Flagrantes (Ceflan) 1 da Polícia Civil, no bairro Floresta, região Leste da capital mineira.

Com informações do OTempo