Homem é condenado a 14 anos de prisão por matar a pedradas morador de rua em BH

Em janeiro do ano passado, o suspeito e a vítima tiveram um desentendimento e o réu pegou uma pedra e deu várias pedradas não cabeça do homem

A Justiça de Minas Gerais condenou a 14 anos de prisão o morador de rua Pablo Oliveira Guimarães acusado de matar a pedradas um outro morador de rua, conhecido como “Carioca”, em janeiro do ano passado, embaixo de um viaduto, no bairro Santa Tereza, região Leste de Belo Horizonte.

A sentença foi dada nesta terça-feira (9).  De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), o suspeito e a vítima tiveram um desentendimento e o réu pegou uma pedra e deu várias pedradas não cabeça do homem. Os dois dormiam embaixo do mesmo viaduto.

Durante o julgamento, o réu preferiu ficar calado. Ele foi condenado em regime fechado por homicídio qualificado por motivo fútil e que dificultou a defesa da vítima. A decisão é de 1ª instância e cabe recurso. O réu permanecerá preso.


 

Com informações do OTempo