NADA DE FESTA: Marco Antônio proíbe qualquer evento durante o Carnaval

O prefeito Marco Antônio Lage (PSB) proibiu a realização de qualquer evento em Itabira durante este Carnaval. “Ficam suspensos todos os eventos e atividades recreativas ou comemorativas, públicas e privadas, alusivas ao Carnaval/2021, no Município de Itabira bem como nos distritos de Senhora do Carmo e Ipoema. Serão adotadas as medidas a seguir: barreira sanitária para o trânsito em locais indicados pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Secretaria Municipal de Saúde e vedação de acampamento em áreas de camping, de cachoeiras e de quaisquer atrativos naturais”, diz o decreto assinado por Marco Antônio, que entrou em vigor em vigor quarta-feira (10).
A Prefeitura deve intensificar a fiscalização para evitar aglomeração, tanto na cidade quanto na zona rural, principalmente nas cachoeiras. A informação é do secretário de Governo, Gabriel Quintão. A atuação será focada em fiscalização nos comércios e áreas públicas. “Nossa intenção é coibir qualquer tipo de aglomeração durante o feriado. Vamos estar atentos e monitorando para evitar que as pessoas não cumpram as regras determinadas pelo decreto municipal. E só estamos fazendo isso pela segurança de todos”, disse o secretário.
Gabriel Quintão alertou que já existem os mecanismos necessários para multar possíveis infratores. “Se chegar ao nosso conhecimento que algum evento foi realizado, imediatamente vamos verificar e identificar os responsáveis. Se for um local privado, podemos suspender o alvará de funcionamento, como já está previsto no decreto 115. E os responsáveis podem ser multados”, destacou o secretário.
Os funcionários encarregados da fiscalização terão esquema especial de plantão durante o Carnaval. “Haverá uma força-tarefa coordenada pelo setor de Posturas que estará de plantão para fiscalizar o comércio, parques e estabelecimentos ou até mesmo na zona rural. Estamos preparados para atuar nos distritos, cachoeiras e zona rural”, enfatizou Gabriel Quintão.
Com as cachoeiras abertas, caberá aos proprietários dos locais o controle de acesso para evitar aglomeração no feriado. “Não será possível manter uma fiscalização fixa em cada um desses pontos mas estamos prevendo a verificação frequente deles. Embora eles não estejam fechados, não vamos permitir aglomeração nos locais, que será dispersada de imediato se acontecer”, completou o secretário.
Gabriel Quintão fez um apelo para que a população colabore com as regras de isolamento social durante o Carnaval. “O prefeito precisou endurecer as regras com o decreto 115 justamente porque não estamos melhorando no cenário da doença. Precisamos ter cuidado para evita o fechamento total. Estamos trabalhando para voltar para a onda verde mas isso só será possível se conseguirmos reduzir o número de pessoas contaminadas pela doença, o que não está acontecendo agora. O número está aumentando”, concluiu.