Lagoa transborda, invade casas e deixa 71 desalojados e desabrigados em Betim

Dezesseis pessoas ficaram desabrigadas e foram acolhidas em uma escola municipal e outras 55 ficaram desalojadas

O transbordo de uma lagoa particular no bairro Duque de Caxias em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, na noite desta quinta-feira (16), atingiu 71 pessoas, deixando 16 desabrigados e 55 desalojados. Apesar dos transtornos, não há vítimas.  Os desabrigados foram levados para a Escola Municipal Maria da Penha dos Santos Almeida e os desalojados foram para casas de parentes, segundo a Prefeitura Municipal de Betim.

Na manhã desta quinta-feira (17), às famílias atingidas são amparadas pela Defesa Civil municipal, Defesa Civil Estadual, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar. A represa que transbordou é particular.

“A ocorrência não tem nenhuma relação com o reservatório de Vargem das Flores, conhecido como Várzea das Flores, de responsabilidade da Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais). Segundo o IGAM (Instituto Mineiro de Gestão de Águas), o volume da represa é de 23 mil metros cúbicos. Com a vazão durante toda a noite, o cenário é de  redução do volume. Durante a madrugada, as trincas da represa aumentaram e uma parte do talude cedeu”, informou a prefeitura.

Segundo o executivo, no local a situação é estável, mas está em constante acompanhamento. O superintendente da Defesa Civil de Betim, Walfrido Assis, conversou com à Rádio Super 91.7 FM. Leia a entrevista:

Rádio Super 91.7 FM Qual a situação de momento e o que aconteceu?

Ontem, por volta de 19h, recebemos a notícia que uma representa em uma área privada estava se rompendo e de imediato nos deslocamos para o local. Deparamos com a situação de que essa represa estava desaguando no córrego Estiva e este córrego estava alagando a rua Varsóvia. Nos deparamos com 55 famílias desabrigadas e 16 desalojadas. De imediato nós prestamos toda a assistência e deslocamos com estas famílias para um local seguro.

Rádio Super 91.7 FM Já se sabe a origem do problema? O que gerou o transbordamento da lagoa e a consequente inundação das ruas as quais o senhor se referia?

O alto volume de chuvas que ocorreu nos últimos dias e a represa não suportou. Não tendo suportado ela transbordou atingindo esse córrego. Nós estamos tomando todas as medidas necessárias

Rádio Super 91.7 FM Esse problema nada tem a ver com a Várzea das Flores?

Nada tem a ver e não há indícios de transbordamento da Várzea das Flores.

Rádio Super 91.7 FM – Quais as medidas que a Defesa Civil de Betim está tomando?

Nós removemos as famílias para local seguro e estamos fazendo a avaliação de momento.


Com informações do OTempo