Hoje é dia de grandes nomes da música itabirana cantarem Newton Baiandeira

Maurício Tizumba, Luiz Bira, Ana Cristina, Saldanha Rolim, Nayara Villar e Léo Cruz, Vini Brown, Rivotrio, Elisa de Sena, Rosa Márcia, Amorina, Aurea Gold e Carlos Cabeça estarão nesta sexta-feira (19), às 20h, juntos com os Meninos de Minas na live em homenagem ao cantor e compositor Newton Baiandeira (1952-2012) – autor do quase hino de Itabira “Trem que leva Minas” – pelo YouTube.
Autor de mais de 5 mil músicas – número digno de recorde –, Baiandeira [FOTO] fez sucesso em diversos festivais da canção, encantou o mundo no Festival Encontro de Culturas, em Serpa (Portugal) e, claro, se apresentou diversas vezes ao lado dos Meninos de Minas. Ícone da música itabirana, Baiandeira tem seu talento reconhecido com estátua sua na praça Acrísio Alvarenga, a principal da cidade, e dá nome ao coreto da praça José Máximo Resende, no bairro Campestre. Em 2022 ele estaria completando 70 anos.
Maioridade – Idealizado durante a The World Music Expo – Womex 1999, em Berlim (Alemanha), o Meninos de Minas, que está completando 21 anos, já começou desenvolvendo oficinas de musicalização afro-mineira e oficinas de construção de instrumentos musicais com material reciclado, em Pedro Leopoldo. Depois, passou por Betim e faz muitos anos que fixou sede em Itabira. O grupo já formou mais de 3,5 mil alunos no Brasil e no exterior, onde desenvolve atividades como shows, palestras, intercâmbios, oficinas e cortejos afro-mineiros com artistas (entre cantores, músicos, atores e dançarinos).
De 2009 a 2019, o Meninos de Minas fez 11 viagens internacionais – Estados Unidos, Alemanha, Espanha e Portugal. Nesses países onde esteve, fez shows e se dedicou a oficinas para alunos dos 7 aos 70 anos, incluindo jovens refugiados e em situação de risco social e portadores de necessidades especiais.
Pode ser uma imagem de 4 pessoas, pessoas tocando instrumentos musicais, pessoas em pé, violão e área interna