Homem vai cobrar dívida de venda de égua e é morto em Santa Luzia

A Polícia descobriu que os suspeitos do crime são dois irmãos de 19 e 21 anos. Um deles comprou a água e pagou metade do valor do animal, ficando combinado que ele pagaria restante depois

Um homem de 28 anos foi assassinado ao ir cobrar a dívida de uma égua que ele tinha vendido para o suspeito em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte, na noite desta terça-feira (23).

De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi encontrada na rua José Olímpio da Silva, no bairro Bicas com bastante sangramento no nariz e boca. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para o local e constatou o óbito. Ainda não se sabe de que forma ele foi morto.

O irmão de Carlos Henrique Machado da Silva contou que ele tinha saído para ir atrás da égua pouco antes de morrer. A Polícia descobriu que os suspeitos do crime são dois irmãos de 19 e 21 anos.

Um deles teria comprado a égua da vítima e pagado metade do valor do animal, ficando combinado que ele pagaria restante depois. No entanto, ele não pagou e Silva foi até a casa dele cobrar o valor. No entanto, ele acabou assassinado.

A vítima tem passagens por tráfico de drogas e roubo de motocicleta. Os suspeitos do crime apesar de identificados não foram encontrados. A ocorrência foi entregue à Polícia Civil para investigações.


 

Com informações do OTempo