Idoso mata vizinha em MG com quem mantinha relacionamento

Fachada da Delegacia de Pedra Azul
Caso foi encerrado na Delegacia de Pedra Azul (Reprodução/Google Street View)

Uma mulher de 49 anos foi assassinada pelo vizinho – um idoso de 77 anos – supostamente por causa de uma dívida de R$ 200. O autor, que mantinha um relacionamento com a mulher e confessou o crime às autoridades, enterrou o corpo da vítima e estava se preparando para fugir quando foi preso dentro de casa, na última segunda-feira (19). O crime ocorreu em Medina, cidade mineira do Vale do Jequitinhonha com 20 mil habitantes.

Equipes da Polícia Militar já faziam buscas para encontrar Eliana Rodrigues da Silva, já que ela estava desaparecida. Durante os trabalhos, os militares receberam uma informação de que a mulher teria sido assassinada pelo vizinho. O homem, inclusive, estava se preparando para fugir do município do interior de Minas.

Confissão

Os policiais, então, se deslocaram rapidamente para o endereço do suspeito. Lá, encontraram o idoso, que admitiu ter assassinado Eliana. Ele afirmou aos militares que a mulher tinha uma dívida de R$ 200 com ele e que ela sugeriu que o valor fosse pago através de sexo.

O autor não gostou da proposta e os dois começaram uma discussão, cujo desfecho foi o assassinato da vítima. Sempre conforme a versão do homem repassada à polícia, a conversa teria ocorrido em um terreno baldio, onde o corpo foi enterrado.

A perícia da Polícia Civil constatou que Eliana foi golpeada quatro vezes com as facadas. A arma utilizada no crime não foi encontrada, pois acabou sendo abandonada pelo idoso. O autor passou por exames em um hospital da cidade e na sequência levado à Delegacia de Plantão de Pedra Azul, local onde o registro foi encerrado.


 

Edição: Thiago Ricci

Com informações do site BHZ