Entrega do kit de alimentação acontece até o dia 3 de maio em Betim

Escolas e os centros infantis municipais estão abertos, das 9h às 16h, para receber os pais e responsáveis, seguindo todas as normas de prevenção da Covid-19 vigentes

Em tempos de pandemia, a maioria das famílias brasileira tem sofrido com uma queda expressiva na renda mensal. Para se ter uma ideia da gravidade da situação, um estudo feito pela empresa de consultoria IDados, a partir da Pesquisa Nacional de Domicílios, mostra que um em cada dez domicílios viu a fonte de renda secar entre 80% e 100% desde o início da Covid-19.

Já em aglomerados, um levantamento feito pelo Instituto Data Favela, em parceria com a Locomotiva – Pesquisa e Estratégia – e a Central Única das Favelas (Cufa), aponta que 68% da população que vive em aglomerados já passou pela situação de não ter dinheiro sequer para comprar comida.

Neste cenário crítico, a garantia, por parte da Prefeitura de Betim, da distribuição dos kits de alimentação para os mais de 58 mil estudantes matriculados na rede pública municipal de ensino tem se mostrado de grande valia.

É o que afirma, por exemplo, a doméstica Cristineia de Oliveira, 43, moradora do Sítio Poções. Segundo a betinense, o filho, de 17 anos, está desempregado e, por ser aluno do programa Educação para Jovens e Adultos (EJA), recebe, desde do julho do ano passado, os itens alimentícios oferecidos pelo município em substituição à merenda escolar, já que, desde março de 2020, as aulas foram suspensas em função da pandemia. “Ele não está trabalhando e não consegue emprego. Essa cesta está ajudando muito em casa”, afirmou a mãe do adolescente.

Até o dia 3 de maio, o governo municipal realizará, novamente, a entrega dos kits alimentícios que, nesta sétima remessa, recebeu o cadastro de mais de 51 mil estudantes, o que inclui alunos do ensino fundamental, dos centros infantis municipais e das creches conveniadas.

Nesse período, as escolas e os centros infantis municipais estarão abertos, das 9h às 16h, para receber os pais e responsáveis, seguindo todas as normas de prevenção da Covid-19 vigentes.

Conforme a Secretaria da Educação de Betim, cada unidade se organizará da melhor forma para fazer a distribuição e, assim, não gerar aglomeração durante a entrega. “No ano passado, de julho a dezembro, distribuímos 270 mil kits. Neste ano, seguiremos a mesma logística de sucesso das últimas entregas, com todos os protocolos sanitários sendo respeitados à risca. Tudo para garantir que nossos estudantes não fiquem sem o benefício”, salientou a secretária municipal da Educação, Marilene Pimenta.

No ato da entrega, pais ou responsáveis têm que apresentar um documento de identificação com foto e assinar, de modo legível, uma lista que comprova que eles receberam o benefício. Cada família tem direito a receber um kit por aluno matriculado na rede municipal de ensino.

Conteúdo

Cada kit de alimentação é compostos por oito ítens: arroz, açúcar, óleo, canjiquinha, macarrão, biscoito maisena, sardinha em conserva e feijão carioquinha.

Dúvidas

Para mais esclarecimentos ou tirar dúvidas sobre a distribuição, entre em contato com a Secretaria da Educação, por meio dos telefones (31) 3531-2404 e 3532-2734.


 

Com informações do OTempo