Oscar 2021: confira a lista completa de vencedores

A 93ª edição do Oscar, o prêmio da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (Academy of Motion Picture Arts and Sciences) dos Estados Unidos, escolhe neste domingo (25) os melhores entre 56 produções, que concorrem em 23 categorias.

Leia também:

O evento está sendo realizado em dois locais: no tradicional Dolby Theatre e, simultaneamente, no Los Angeles Union Station – como uma medida para atender aos protocolos impostos pela pandemia de Covid-19. Confira a lista completa de vencedores (em desenvolvimento…):

Melhor Canção Original

  • ‘Fight for You’ de ‘Judas e o Messias Negro’ – Música: H.E.R. e Dernst Emile II; Letra: H.E.R. e Tiara Thomas (vencedores)
  • ‘Hear My Voice’ de ‘Os 7 de Chicago’ – Música: Daniel Pemberton; Letra: Daniel Pemberton e Celeste Waite
  • ‘Io Sì (Seen)’ de ‘Rosa e Momo’ – Música: Diane Warren; Letra: Diane Warren e Laura Pausini
  • ‘Speak Now’ de ‘Uma Noite em Miami’ – Música e letra: Leslie Odom, Jr. e Sam Ashworth
  • ‘Husavik’ de ‘Festival Eurovision da Canção: A Saga de Sigrit e Lars’ – Música e letra: Savan Kotecha, Fat Max Gsus e Rickard Göransson

Melhor Trilha Sonora Original

  • ‘Soul’ – Trent Reznor, Atticus Ross e Jon Batiste (vencedores)
  • ‘Destacamento Blood’ – Terence Blanchard
  • ‘Mank’ – Trent Reznor e Atticus Ross
  • ‘Minari’ – Emile Mosseri
  • ‘Relatos do Mundo’ – James Newton Howard

Melhor Montagem

  • ‘O Som do Silêncio’ – Mikkel E. G. Nielsen (vencedor)
  • ‘Meu Pai’ – Yorgos Lamprinos
  • ‘Nomadland’ – Chloé Zhao
  • ‘Bela Vingança’ – Frédéric Thoraval
  • ‘Os 7 de Chicago’ – Alan Baumgarten

Melhor Fotografia

  • ‘Mank’ – Erik Messerschmidt (vencedor)
  • ‘Judas e o Messias Negro’ – Sean Bobbitt
  • ‘Relatos do Mundo’ – Dariusz Wolski
  • ‘Nomadland’ – Joshua James Richards
  • ‘Os 7 de Chicago’ – Phedon Papamichael
MANK (2020) Gary Oldman como Herman Mankiewicz e Amanda Seyfried como Marion Davies. NETFLIX/Divulgação
Gary Oldman como Herman Mankiewicz e Amanda Seyfried como Marion Davies em ‘Mank’. Imagem: Netflix/Divulgação

Melhor Design de Produção

  • ‘Mank’ – Donald Graham Burt e Jan Pascale (vencedores)
  • ‘A Voz Suprema do Blues’ – Mark Ricker, Karen O’Hara e Diana Stoughton
  • ‘Relatos do Mundo’ – David Crank e Elizabeth Keenan
  • ‘Tenet’ – Nathan Crowley e Kathy Lucas
  • ‘Meu Pai’ – Peter Francis e Cathy Featherstone

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Yuh-Jung Youn – ‘Minari (vencedora)
  • Glenn Close – ‘Era uma Vez um Sonho’
  • Olivia Colman – ‘Meu Pai’
  • Amanda Seyfried – ‘Mank’
  • Maria Bakalova – ‘Borat: Fita de Cinema Seguinte’
Yuh-Jung Youn em ‘Minari. Imagem: Plan B Entertainment/Divulgação
Yuh-Jung Youn em ‘Minari. Imagem: Plan B Entertainment/Divulgação

Efeitos Visuais

  • ‘Tenet’ – Andrew Jackson, David Lee, Andrew Lockley e Scott Fisher (vencedores)
  • ‘Amor e Monstros’ – Matt Sloan, Genevieve Camilleri, Matt Everitt e Brian Cox
  • ‘The One and Only Ivan’ – Nick Davis, Greg Fisher, Ben Jones e Santiago Colomo Martinez
  • ‘O Céu da Meia-Noite’ – Matthew Kasmir, Christopher Lawrence, Max Solomon e David Watkins
  • ‘Mulan’ – Sean Faden, Anders Langlands, Seth Maury e Steve Ingram

Melhor Documentário

  • ‘Professor Polvo’ – Pippa Ehrlich, James Reed e Craig Foster (vencedor)
  • ‘Collective’ – Alexander Nanau e Bianca Oana
  • ‘Crip Camp’ – Nicole Newnham, Jim LeBrecht e Sara Bolder
  • ‘Agente Duplo’ – Maite Alberdi e Marcela Santibáñez
  • ‘Time’ – Garrett Bradley, Lauren Domino e Kellen Quinn
Professor Polvo'. Imagem: Netflix/Divulgação
‘Professor Polvo’. Imagem: Netflix/Divulgação

Melhor Documentário em Curta-Metragem

  • ‘Colette’ – Anthony Giacchino e Alice Doyard (vencedores)
  • ‘A Concerto Is a Conversation’ – Ben Proudfoot e Kris Bowers
  • ‘Do Not Split’ – Anders Hammer e Charlotte Cook
  • ‘Hunger Ward’ – Skye Fitzgerald e Michael Scheuerman
  • ‘A Love Song for Latasha’ – Sophia Nahli Allison e Janice Duncan

Melhor Filme de Animação

  • ‘Soul’ (vencedor)
  • ‘Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica’
  • ‘A Caminho da Lua’
  • ‘Shaun, o Carneiro, o Filme: A Fazenda Contra-Ataca’
  • ‘Wolfwalkers’
Soul'. Imagem: Disney/Divulgação
‘Soul’. Imagem: Disney/Divulgação

Melhor Curta-Metragem (animação)

  • ‘If Anything Happens I Love You’ (vencedor)
  • ‘Burrow’
  • ‘Genius Loci’
  • ‘Opera’
  • ‘Yes-People’

Melhor Curta-Metragem (live action)

  • ‘Two Distant Strangers’ (vencedor)
  • ‘Feeling Through’
  • ‘The Letter Room’
  • ‘The Present’
  • ‘White Eye’

Melhor Som

  • ‘O Som do Silêncio’ – Nicolas Becker, Jaime Baksht, Michellee Couttolenc, Carlos Cortés e Phillip Bladh (vencedores)
  • ‘Mank’ – Ren Klyce, Jeremy Molod, David Parker, Nathan Nance e Drew Kunin
  • ‘Greyhound’ – Warren Shaw, Michael Minkler, Beau Borders e David Wyman
  • ‘Relatos do Mundo’ – Oliver Tarney, Mike Prestwood Smith, William Miller e John Pritchett
  • ‘Soul’ – Ren Klyce, Coya Elliott e David Parker

Melhor Direção

  • Chloé Zhao – ‘Nomadland’ (vencedora)
  • Lee Isaac Chung – ‘Minari’
  • David Fincher – ‘Mank’
  • Emerald Fennell – ‘Bela Vingança’
  • Thomas Vinterberg – ‘Druk: Mais Uma Rodada’
Chloé Zhao no set de 'Nomadland'. Imagem: Walt Disney Company/Divulgação
Chloé Zhao no set de ‘Nomadland’. Imagem: Walt Disney Company/Divulgação

Melhor Figurino

  • ‘A Voz Suprema do Blues’ – Ann Roth (vencedora)
  • ‘Emma’ – Alexandra Byrne
  • ‘Mank’ – Trish Summerville
  • ‘Mulan’ – Bina Daigeler
  • ‘Pinóquio’ – Massimo Cantini Parrini

Melhor Maquiagem e Cabelo

  • ‘A Voz Suprema do Blues’ – Sergio Lopez-Rivera, Mia Neal e Jamika Wilson (vencedores)
  • ‘Era uma Vez um Sonho’ – Eryn Krueger Mekash, Matthew Mungle e Patricia Dehaney
  • ‘Mank’ – Gigi Williams, Kimberley Spiteri e Colleen LaBaff
  • ‘Emma’ – Marese Langan, Laura Allen e Claudia Stolze
  • ‘Pinocchio’ – Mark Coulier, Dalia Colli e Francesco Pegoretti

Melhor Ator Coadjuvante

  • Daniel Kaluuya – ‘Judas e o Messias Negro’ (vencedor)
  • Sacha Baron Cohen – ‘Os 7 de Chicago’
  • Leslie Odom Jr. – ‘Uma Noite em Miami’
  • Paul Raci – ‘O Som do Silêncio’
  • Lakeith Stanfield – ‘Judas e o Messias Negro’
Daniel Kaluuya em 'Judas e o Messias Negro'. Imagem: Warner Bros/Divulgação
Daniel Kaluuya em ‘Judas e o Messias Negro’. Imagem: Warner Bros/Divulgação

Melhor Filme Estrangeiro

  • ‘Druk: Mais uma Rodada’ – Dinamarca (vencedor)
  • ‘Collective’ – Romênia
  • ‘Quo Vadis, Aida?’ – Bósnia
  • ‘Better Days’ – Hong Kong
  • ‘O Homem que Vendeu Sua Pele’ – Tunísia

Melhor Roteiro Adaptado

  • ‘Meu Pai’ – Christopher Hampton e Florian Zeller (vencedores)
  • ‘Borat: Fita de Cinema Seguinte’ – Sacha Baron Cohen, Anthony Hines, Dan Swimer, Peter Baynham, Erica Rivinoja, Dan Mazer, Jena Friedman, Lee Kern e Nina Pedrad
  • ‘Nomadland’ – Chloé Zhao
  • ‘Uma Noite em Miami’ – Kemp Powers
  • ‘O Tigre Branco’ – Ramin Bahrani

Melhor Roteiro Original

  • ‘Bela Vingança’ – Emerald Fennel – (vencedora)
  • ‘Minari’ – Lee Isaac Chung
  • ‘Os 7 de Chicago’ – Aaron Sorkin
  • ‘Judas e o Messias Negro’ – Will Berson, Shaka King, Kenny Lucas e Keith Lucas
  • ‘O Som do Silêncio’ – Darius Marder, Abraham Marder e Derek Cianfrance

Em desenvolvimento…


 

Com informações do Olhar Digital